• junho 2016
    D S T Q Q S S
    « maio   jul »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930  
  • Arquivos

  • Categorias

  • Link mais acessado

  • Post mais acessado

  • Melhor avaliados

  • Estatísticas do Site

    • 1,654,350 Visitas
  • Site dedicado ao Tricolor

    Este site é dedicado aos que amam o Tricolor Paulista
  • Twitter SPFC

  • RSS Globo

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • RSS DP

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Fotos Tricolores

    Mais fotos
  • Top 30

  • Onde estão os meus Leitores

  • Tópicos recentes

Obras das estações da linha 17-Ouro do monotrilho são retomadas

Obras reiniciaram nas estações Campo Belo, Vila Cordeiro e Chucri Zaidan.
Grupo formado pela empresa Tiisa irá assumir pátio da linha, diz secretário.

Tatiana SantiagoDo G1 São Paulo

As obras das estações Campo Belo (integrada com a Linha 5-Lilás do Metrô), Vila Cordeiro e Chucri Zaidan, do monotrilho da Linha 17-Ouro, que ligam o aeroporto de Congonhas ao bairro do Morumbi, na Zona Sul de São Paulo, foram retomadas nesta segunda-feira (20). A construção das estações estava paralisada desde o ano passado e os canteiros ficaram abandonados, cheios de lixo e usuários de drogas.

“A obra das estações da Linha 17 foi retomada ontem. Já temos cem funcionários novos lá, estamos fazendo toda a limpeza do canteiro, liberando as pistas para o trânsito”, afirmou o secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni.

O contrato com o consórcio TIDP, formado pelas empresas Tiisa-Infraestrutura e Investimentos S/A e DP Barros Pavimentação e construção LTDA, foi assinado em abril deste ano.

Quando estiverem prontas e em operação, as estações Campo Belo, Vila Cordeiro e Chucri Zaidan devem receber 80 mil passageiros diariamente, com a Linha 17-Ouro operando de Congonhas/Jardim Aeroporto ao Morumbi-CPTM.

O pátio do monotrilho, que era construído por outra empresa, já que a concessão foi dividida em lotes, também será assumido pelo grupo Tiisa. A segunda colocada do pátio era a empresa Mendes Junior, mas após ser considerada inidônea não pode assumir a obra “A terceira colocada do grupo Tiisa manifestou o interesse em assumir a obra. Nós imaginamos em um prazo de 30 dias ter o contrato assinado, para até o final de julho retomar as obras do pátio”, declarou o secretário.

Hstórico
No começo do ano, o Metrô rescindiu contratos com os consórcios responsáveis pela obra porque os canteiros foram abandonados, segundo a companhia. O Metrô disse que notificou várias vezes as empresas para retomarem os trabalhos, mas que, mesmo assim, o consórcio desacelerou o ritmo das obras e não cumpriu os prazos estabelecidos. Já a Andrade Gutierrez disse em comunicado que quem atrasou foi o Metrô e que ajuizou ação para rescindir as obras em dezembro do ano passado.

O consórcio TIDP ficou em terceiro lugar na licitação aberta pelo Metrô para a construção desse trecho do monotrilho e também já está construindo as estações Vereador José Diniz, Brooklin Paulista, Jardim Aeroporto e Congonhas, todas da mesma linha. O segundo colocado na licitação foi procurado pela companhia, mas não teve interesse em assumir a obra, de acordo com o Metrô.

Estações

Orçado em cerca de R$ 74 milhões, o contrato contempla as obras civil bruta, de acabamento, comunicação visual, hidráulica e paisagismo das três estações que compõem o lote 2 da linha. A previsão é que as obras sejam entregues em 17 meses após a assinatura do contrato.

Extremos
Inicialmente, o monotrilho da Linha 17-Ouro previa atender extremos da cidade, como a ligação entre o Aeroporto de Congonhas e a Estação Jabaquara, ou o trecho até a futura estação São Paulo-Morumbi, da Linha 4-Amarela do Metrô.

Em agosto do ano passado, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) já tinha mandado congelar 17 das 36 estações inicialmente previstas da linha na Zona Sul da capital. À época, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos disse que a prioridade era “concluir os trechos que já possuem obras avançadas antes de abrir novas frentes de trabalho”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: